Êxito mundial: 441 empresas removem greenwash

Postado em: julho 9, 2019

Êxito mundial: 441 empresas removem greenwash

CORPORAÇÕES GLOBAIS RETIRAM MENSAGENS ENGANOSAS CONTRA O PAPEL

Chega a 441 o número de empresas em nível global que atenderam ao apelo de Two Sides, iniciativa global que promove a sustentabilidade da comunicação impressa e do papel

 

Segue crescendo o número de organizações em nível global que admitem estar usando argumentos infundados e equivocados para estimular seus usuários a trocarem contas e extratos impressos por documentos eletrônicos. Apenas no primeiro semestre de 2019, 38 organizações removeram ou alteraram mensagens enviadas aos seus usuários que trazem afirmações infundadas sobre o impacto do papel no meio ambiente após serem notificadas por Two Sides. Isso foi possível graças à ação de Two Sides que rastreou, nesse período, 102 organizações com práticas inadequadas. Desde que iniciou este trabalho em 2010, Two Sides abordou com sucesso 441 organizações em nível global que vinham fazendo alegações enganosas sobre o impacto ambiental do uso do papel e da comunicação impressa.

Instituições financeiras, empresas de serviços públicos e inúmeros outros provedores de serviços têm reforçado uma visão equivocada, ao incentivar seus clientes cada vez mais a optarem por receber suas contas e extratos no formato eletrônico em lugar do impresso. Os incentivos aos documentos digitais, ao invés de expressar a preocupação com a redução de custos, têm apontado de forma enganosa alegações ambientais como “Go Green – Go Paperless” e “Choose e-billing and help save a tree” (Escolha conta digital, e ajude a salvar uma árvore).

Os setores com o maior número de greenwashers incluem: provedores de telecomunicações, bancos e instituições financeiras, provedores de serviços públicos e organizações governamentais.

Martyn Eustace, presidente mundial de Two Sides, declarou: “Estamos realmente satisfeitos por nosso esforço contínuo ter tido um efeito tão significativo em algumas das maiores e mais influentes empresas e organizações do mundo. Mas não há espaço para complacência e ainda há muito trabalho a ser feito para combater empresas que continuam a enganar seus clientes. Podemos ver em nossa pesquisa que essas mensagens enganosas estão impactando a percepção do consumidor a respeito de comunicação impressa e papel, particularmente em relação ao seu impacto nas florestas – e é por isso que é vital que Two Sides continue a lidar com essas alegações prejudiciais”.

O impulso para o digital nem sempre é bem-vindo

Uma pesquisa internacional com 10 mil consumidores realizada por Two Sides no primeiro semestre de 2019 constatou:

  • Mais da metade (53%) dos entrevistados acredita que as afirmações sobre a mudança para o digital como “melhor para o meio ambiente” realmente são porque o remetente deseja economizar dinheiro.
  • 57% se opõem ao governo, bancos e outras organizações, que tentam convencê-los a não pedir informes impressos, o que não se sustenta, pois os clientes normalmente imprimem os documentos em casa para terem uma cópia impressa.
  • 81% acreditam que têm o direito de escolher como receber suas comunicações (impressas ou eletrônicas) de organizações financeiras e prestadores de serviços.
  • 38% dos consumidores considerariam trocar de prestadores de serviços se fossem obrigados a aderirem exclusivamente ao digital.

Papel e comunicações digitais: os fatos

  • 100% da madeira utilizada pela indústria brasileira de papel vêm de plantações de eucaliptos e pinus.
  • Essas plantações crescem em uma área equivalente a 500 campos de futebol por dia.
  • A taxa brasileira de reciclagem de papel é superior a 67% (uma das mais altas do planeta).
  • No Brasil, cerca de 85% da matriz energética do setor de celulose e papel têm origem em fontes renováveis.
  • O CO2 por tonelada de papel foi reduzido em 43% desde 1990.
  • 9 milhões de toneladas de lixo eletrônico são geradas todos os anos a partir de telefones celulares, laptops e tablets.
  • Anualmente, a computação em nuvem exige o dobro de eletricidade de todo o Reino Unido.

Muitos consumidores têm rechaçado as alegações ambientais enganosas e buscado exercer seu direto de receber os informes em papel. Martyn Eustace, de Two Sides, comenta que as pessoas não devem ser enganadas e encorajados a não usarem papel por meio do marketing ‘verde’ enganador. “A verdadeira imagem dos excelentes benefícios ambientais do papel tem sido negligenciada por essas falsas mensagens. O papel é um produto renovável e reciclável que, se produzido e usado com responsabilidade, pode ser uma maneira sustentável de se comunicar. As indústrias florestal e de papel dependem de florestas sustentáveis e são grandes guardiãs desse recurso precioso e crescente”, completa.

Sobre Two Sides

Two Sides é uma organização global, sem fins lucrativos, criada em 2008 por membros das indústrias de celulose, papel e comunicação impressa. Two Sides promove a produção e o uso responsável da impressão e do papel, bem como esclarece equívocos comuns sobre os impactos ambientais da utilização desse recurso. O papel, por ser proveniente de árvores plantadas e gerenciadas de forma sustentável, é um meio de comunicação excepcionalmente poderoso, de fonte renovável, reciclável e biodegradável.

Para mais informações sobre a campanha Anti-Greenwash ou sobre Two Sides, por favor, entre em contato com:

País Nome E-mail
Australia e Nova Zelândia Kellie Northwood kellie@thermc.com.au
Austria Patrick Mader pm@twosides.info
Brasil Fabio Arruda Mortara fam@twosides.org.br
França Jan Le Moux jlm@twosides.info
Alemanha Anne-Katrin Kohlmorgen akk@twosides.info
Itália Massimo Ramunni italy@twosides.info
Holanda Erik Timmermans e.timmermans@papierenkarton.nl
Países nórdicos Magnus Thorkildsen nordic@twosides.info
EUA/Canadá Phil Riebel pnr@twosides.info
África do sul Deon Joubert dj@za.twosides.info
Reino unido Jonathan Tame jpt@twosides.info

Fontes:

  1. Two Sides/ Toluna, 2019.
  2. CEPI, 2018. Sustainability Report 2018.

Compartilhar este post