A PEGADA DE CARBONO DOS E-MAILS

Postado em: julho 21, 2020

A PEGADA DE CARBONO DOS E-MAILS

A OVO Energy está pedindo aos britânicos que pensem antes de agradecer – “enviar menos e-mails não resolverá a crise climática, mas prova que, todos podemos melhorar nossas vidas ao reduzir o carbono”

Uma nova pesquisa encomendada pela empresa de energia OVO (principal empresa de varejo de energia independente do Reino Unido) revelou que o envio e recebimento de e-mails tem uma enorme pegada de carbono. Mais de 64 milhões de e-mails desnecessários são enviados pelos britânicos todos os dias, e o estudo descobriu que os adultos do Reino Unido poderiam fazer uma pequena alteração para economizar mais de 16.433 toneladas de carbono por ano (1). Essa quantidade fenomenal de carbono pode ser reduzida simplesmente se cada adulto enviar um e-mail de agradecimento a menos por dia.

Exemplos de e-mails “desnecessários” enviados:

  1. Obrigado (a)
  2. Tenha um bom fim de semana / dia
  3. Recebido
  4. Bom trabalho…

O estudo constatou que quase três quartos (72%) do Reino Unido desconhecem completamente a pegada de carbono associada ao e-mail, com 49% dos britânicos confessando o envio de e-mails desnecessários a um colega ou amigo a uma curta distância todos os dias.

O envio de apenas um e-mail a menos por dia reduziria nossa produção coletiva de carbono no equivalente a 81.152 vôos para Madri ou a retirada de 3.334 carros a diesel.

 

Compartilhar este post